O Bureau of Oceans and International Environmental and Scientific Affairs (OES) Office of Environmental Quality (ENV) do Departamento de Estado dos EUA (DOS) irá financiar um projecto para o programa “Air Quality Management Community of Practice in Africa”.

Este projecto deverá construir uma comunidade regional de peritos, decisores, grupos comunitários, o sector privado, e outros profissionais e partes interessadas na qualidade do ar. A comunidade criará conhecimentos e desenvolverá as melhores práticas para:

  • melhorar a monitorização da qualidade do ar, a modelização, a previsão e a gestão de dados;
  • expandir a sensibilização e a compreensão das questões da qualidade do ar;
  • desenvolver e implementar estruturas de gestão da qualidade do ar e soluções de ar limpo em todas as escalas

Objetivos – o projeto deve almejar atingir os seguintes objetivos:

Objectivo 1: Criar uma comunidade de práticas para avançar com a acção e colmatar as lacunas na capacidade de gestão da qualidade do ar na região.

A comunidade deve:

  • ligar peritos, profissionais e partes interessadas relevantes da qualidade do ar entre si e com os recursos disponíveis;
  • facilitar encontros regulares entre os membros da comunicade;
  • Oferecer estruturas e actividades que permitam a aprendizagem colectiva, a construção de relações, e a resolução de problemas.

Objectivo 2: Aumentar a capacidade de monitorização da qualidade do ar, melhorar a gestão de dados e implementar aplicações de desenvolvimento (por exemplo, modelização, previsão, comunicação, e outras ferramentas de apoio à tomada de decisões) em pelo menos dois países elegíveis para financiamento

Objectivo 3: Desenvolver, apoiar e implementar quadros de gestão da qualidade do ar e soluções de ar limpo (por exemplo, planos de gestão da qualidade do ar e estruturas reguladoras) em todas as escalas (ou seja, a nível regional, nacional e sub-nacional), incluindo a sensibilização do público para melhorar a responsabilização.

Informação sobre o Fundo:

Financiamento total: $440.440
Duração: 36 meses

Países que se podem candidatar:

O projecto irá concentrar-se em pelo menos quatro dos seguintes países: Angola, Benim, Botsuana, Burkina Faso, Burundi, Camarões, Cabo Verde, República Centro Africana, Costa do Marfim, República Democrática do Congo, Eswatini, Gâmbia, Gana, Guiné, Guiné Bissau, Quénia, Lesoto, Libéria, Madagáscar, Malawi, Mali, Moçambique, Namíbia, Níger, Nigéria, Omã, Ruanda, Senegal, Serra Leoa, África do Sul, Tanzânia, Togo, Uganda, Zâmbia, e Zimbabué.

Critérios de Eligibilidade:

OES aceita candidaturas de organizações sem fins lucrativos/não governamentais sediadas nos EUA, sujeitas à secção 501(c) (3) do código fiscal dos EUA; organizações sem fins lucrativos/organizações não governamentais (ONG) sediadas no estrangeiro; Organizações Públicas Internacionais; Organizações Públicas Estrangeiras; Instituições privadas, públicas ou estatais de ensino superior.

Sabe mais informação aqui.

Deadline: 4 de Agosto

Categorias

Tags: