Prazo: 31 de agosto de 2024

O Fundo Fiduciário Jana Robeyst (JRTF) está a fornecer recursos financeiros a biólogos/conservacionistas em início de carreira para realizarem trabalhos vitais de conservação e investigação no terreno em África.

Informações sobre financiamento
  • Serão concedidas pequenas subvenções até um máximo de 1.500 euros.
Projetos elegíveis
  • O projeto elegível terá um valor de conservação claro e será baseado num país da África Subsaariana. A preferência será dada a projectos relacionados com elefantes. Projetos educacionais também serão considerados.
  • Serão também considerados custos de deslocação para apresentação do projeto numa conferência, ou participação em workshop/programa de formação.
  • Compra de equipamentos de campo, caso sejam essenciais para a conclusão do trabalho de campo.
Projetos Inelegíveis
  • A investigação pura não será financiada. Os projetos de pesquisa serão considerados se demonstrarem benefícios aplicados à conservação e/ou visarem uma necessidade de conservação identificada.
  • Custos de vida, salários, custos de produção de teses, custos retrospectivos, custos de captação de recursos e pagamento de dívida não serão considerados para financiamento.
  • Equipamento de escritório e participação em programas de estágio e voluntariado não serão considerados, a menos que sejam essenciais para a conclusão do trabalho de campo ou beneficiem uma necessidade de conservação identificada.
Critério de eleição
  • O JRTF visa proporcionar níveis de financiamento relativamente pequenos para projetos em curso ou programas-piloto com um claro valor de conservação.
  • Este programa de financiamento está aberto a biólogos em início de carreira para projetos na África Subsaariana. Eles aceitam projetos relacionados à conservação de mamíferos e principalmente de elefantes (florestais). Os candidatos podem estar baseados em qualquer lugar do mundo.
  • Os candidatos aprovados e não aprovados podem se inscrever novamente 12 meses após a inscrição.

Categorias

Tags:

pt_PTPortuguese