Olhando para o futuro: os próximos 50 anos de proteção do patrimônio natural e cultural

Como parte integrante da 45ª sessão estendida do Comitê do Patrimônio Mundial, e no âmbito do Programa de Educação do Patrimônio Mundial da UNESCO, o Ministério da Cultura do Reino da Arábia Saudita, por meio do Comitê Nacional de Educação, Cultura e Ciência e da Comissão do Patrimônio Saudita, sediará o Fórum de Jovens Profissionais do Patrimônio Mundial 2023 sob o tema “Olhando para o futuro: Os Próximos 50 Anos de Proteção do Patrimônio Natural e Cultural”, de 3 a 12 de setembro de 2023, em Riad e no Oásis de Al-Ahsa. O Fórum será desenvolvido e implementado com o apoio da ONG Diadrasis. O Fórum é uma oportunidade para compreender e avaliar as realizações das últimas 5 décadas da Convenção do Patrimônio Mundial; destacar o papel crucial da juventude no ecossistema do património; e preparar o caminho para a próxima geração de profissionais do patrimônio, dando voz às suas abordagens únicas para a gestão do patrimônio. O Fórum aproveitará o potencial de capacitação e preparará os jovens profissionais para criar um futuro sustentável para o nosso patrimônio cultural e natural. Ao final do Fórum, os resultados produzidos pelos participantes serão apresentados à45ª sessão ampliada do Comitê do Patrimônio Mundial na forma de uma Declaração da Juventude.

Fundo

Os Fóruns de Jovens Profissionais do Patrimônio Mundial estão entre as atividades emblemáticas do Programa de Educação do Patrimônio Mundial, projetado para promover o aprendizado e o intercâmbio intercultural, reunindo jovens, educadores e especialistas em patrimônio de diferentes partes do mundo para descobrir novos papéis para si mesmos na conservação do patrimônio. Eles permitem que os jovens profissionais obtenham insights locais sobre a gestão do patrimônio a partir da experiência do país anfitrião e por meio de visitas a propriedades do Patrimônio Mundial, e também oferecem uma oportunidade para que eles se reúnam com os membros do Comitê do Patrimônio Mundial e seus Órgãos Consultivos e discutam a Convenção de 1972 e sua implementação em maior profundidade.

Tema

Ao longo das últimas cinco décadas, a Convenção do Património Mundial protegeu e promoveu os tesouros da humanidade e transformou a forma como valorizamos e salvaguardamos o património. Ao celebrarmos o50.º aniversário da Convenção, é também uma ocasião para olharmos para o futuro e para as questões que temos de abordar em conjunto, como as alterações climáticas, o turismo sustentável e a transformação digital em torno do património, entre outras. Por isso, o tema do Fórum de Jovens Profissionais do Patrimônio Mundial 2023 é definido como “Olhando para o futuro: os próximos 50 anos de proteção do patrimônio natural e cultural”. O objetivo geral do Fórum é aprofundar os conhecimentos e as habilidades dos jovens profissionais na proteção, preservação e promoção do patrimônio natural e cultural para os próximos 5 anos e além. Acompanhados por especialistas locais e internacionais, e através de uma variedade de apresentações, mesas redondas, discussões e visitas ao local, os jovens profissionais explorarão coletivamente os desafios significativos encontrados na gestão de ecossistemas de patrimônio hoje e discutirão as melhores práticas e soluções compartilhadas para sua proteção futura.

Com uma abordagem enraizada no envolvimento da comunidade e na participação pública e reforçada ainda mais pelo contexto e percepções fornecidas pela visita ao Oásis de Al-Ahsa, o Fórum abordará os seguintes subtemas:

  • Património Mundial e Alterações Climáticas: As alterações climáticas estão entre as maiores ameaças que o património cultural e natural enfrenta atualmente. Um em cada três sítios naturais e um em cada seis patrimónios culturais estão actualmente ameaçados pelas alterações climáticas. Nos últimos anos, vimos locais de património cultural e natural, incluindo muitos locais do Património Mundial, ameaçados por incêndios florestais, inundações, tempestades e eventos de branqueamento em massa. Ao mesmo tempo, as propriedades do Patrimônio Mundial também abrigam opções para a sociedade mitigar e se adaptar às mudanças climáticas por meio dos benefícios ecossistêmicos, como a regulação da água e do clima, que eles fornecem e o carbono que é armazenado nos sítios florestais do Patrimônio Mundial. O patrimônio cultural, por outro lado, pode transmitir conhecimentos tradicionais que constroem resiliência para a mudança que está por vir e nos leva a um futuro mais sustentável. Por meio desse subtema, os participantes discutirão os impactos das mudanças climáticas no Valor Universal Excepcional do Patrimônio Mundial e explorarão formas de mitigar e gerenciar esses riscos, por meio do uso de materiais tradicionais sustentáveis, técnicas construtivas e outros conhecimentos tradicionais inerentes às comunidades patrimoniais.
  • Patrimônio Mundial e Turismo Sustentável: Com mais de 1.000 propriedades inscritas em 167 países, os locais do Patrimônio Mundial se tornaram alguns dos destinos turísticos mais populares do mundo. Embora o turismo possa trazer importantes benefícios económicos e sociais para as comunidades patrimoniais, é essencial geri-lo de forma eficaz para evitar impactos negativos nos sítios e no seu Valor Universal Excepcional. Para enfrentar esse desafio, os participantes aproveitarão as ferramentas existentes desenvolvidas pela UNESCO e explorarão as oportunidades para promover o turismo sustentável em locais do Patrimônio Mundial. Seu objetivo será discutir maneiras de capacitar as comunidades locais para gerenciar melhor seus recursos e ter uma palavra a dizer sobre como seu patrimônio é apresentado aos visitantes, enquanto encontram soluções para melhorar a experiência do visitante por meio de um intercâmbio entre turistas e as comunidades patrimoniais que aproveita a cultura e a criatividade.
  • Diversidade e Representação do Patrimônio Mundial: Ao longo dos 50 anos desde que a Convenção do Patrimônio Mundial foi adotada, grandes avanços foram feitos na preservação de sítios em todo o mundo, embora ainda exista uma falta de equilíbrio no tipo de propriedades e nas áreas geográficas do mundo representadas na Lista do Patrimônio Mundial. À medida que a próxima geração assume o bastão da preservação do patrimônio, a importância da representação equitativa pode ser abordada por meio da educação no valor do patrimônio, da compreensão das verdadeiras narrativas das comunidades locais e indígenas e da proteção de seus direitos e histórias culturais. Além disso, a abordagem holística do patrimônio hoje se estende para incluir elementos que podem ser culturais, naturais ou mistos; tangível ou intangível; velho ou novo; e é essencial que os jovens profissionais recorram à complementaridade desses elementos para gerenciá-los de forma sustentável.
  • A Dimensão Digital do Património Mundial: No coração da era digital, os aspectos digitais do patrimônio também estão crescendo enormemente, desde visitas virtuais e exposições on-line até catálogos de inventário de objetos patrimoniais e modelos 3D de sítios arqueológicos, tornando-o verdadeiramente acessível em todos os cantos do mundo. Através deste subtema, os jovens profissionais irão explorar o papel fundamental de um ambiente digital inclusivo na promoção e partilha de valores patrimoniais e no reforço da proteção do nosso património natural e cultural. Eles trabalharão juntos para identificar maneiras pelas quais podem apoiar o empoderamento digital de suas próprias comunidades.

Programa provisório

Com o objetivo de complementar o conhecimento teórico adquirido pelos participantes durante o Fórum com experiências práticas em propriedades do Patrimônio Mundial, o Fórum será realizado em parte em Riad, a cidade-sede da 45ª sessão estendida do Comitê do Patrimônio Mundial, e em parte no Oásis de Al-Ahsa, um Patrimônio Mundial, uma Paisagem Cultural em Evolução. Além disso, os participantes também terão a oportunidade de visitar o Patrimônio Mundial, o Distrito At-Turaif em ad-Dir’iyah, durante o Fórum. Um esboço inicial do programa do Fórum está disponível abaixo. As actualizações sobre o programa, bem como o programa final, serão oportunamente carregadas na página Web do Fórum.

  • 2 de setembro de 2023: Dia da Chegada
  • 3 de setembro de 2023: Abertura do Fórum e Introduções
  • 4 a 8 de setembro de 2023: Discussões temáticas e visita ao Oásis de Al-Ahsa
  • 9 de setembro de 2023: Modelo de Juventude e Simulação de Reunião de Comitê
  • 10 de setembro de 2023: Elaboração da Declaração da Juventude
  • 11 de setembro de 2023: Apresentação dos resultados do Fórum na 45ª sessão ampliada do Comitê do Patrimônio Mundial
  • 12 de setembro de 2023: Interação com os participantes do Fórum de Gestores de Sites e encerramento do Fórum

Formulário de Inscrição

Por favor, note que o formulário de candidatura deve ser preenchido apenas em inglês. As candidaturas apresentadas noutras línguas não serão consideradas. Além da escolaridade e das informações complementares, os candidatos também devem apresentar o currículo e uma cópia da foto do tamanho do passaporte. Inscrições incompletas não serão consideradas.

Processo de candidatura e seleção

Serão selecionados 30 participantes para o Fórum de Jovens Profissionais do Patrimônio Mundial 2023 por meio de uma chamada aberta.

Candidatos elegíveis

Espera-se que os participantes do Fórum de Jovens Profissionais do Patrimônio Mundial 2023 sejam:

  • Idade entre 23 e 32 anos.
  • Experiência em um desses campos: Patrimônio Mundial, conservação, arqueologia, arquitetura, conservação, planejamento urbano e regeneração, restauração, história da arte, turismo, mudanças climáticas e tecnologia digital.
  • Motivados e comprometidos com a implementação dos resultados do Fórum em seus respectivos países.
  • Empenhado em aumentar o envolvimento da comunidade na gestão de propriedades do Património Mundial.
  • Disponível durante toda a duração do Fórum.
  • Proficiente em inglês, pois o Fórum será conduzido inteiramente em inglês.

Além da elegibilidade geral, os seguintes elementos também serão considerados na seleção dos participantes:

  • Representação geográfica equilibrada.
  • Igualdade de gênero.
  • Diversidade de formações profissionais.
  • Capacidade de divulgar a experiência adquirida no país ou instituição de origem.
  • Conhecimento e experiência nas práticas de gestão de sítios do Patrimônio Mundial.

Todos os candidatos interessados que desejem candidatar-se à participação no Fórum de Jovens Profissionais do Património Mundial devem preencher e submeter o formulário de candidatura online.

Informações sobre viagens e alojamento

A previsão é que os participantes cheguem nodia 2 de setembro de 2023 e partam no dia 13 desetembro de 2023. Todas as despesas relacionadas (voos em classe econômica, acomodação, transporte local e refeições) serão cobertas pelo país anfitrião durante a duração do Fórum. Os organizadores também ajudarão nos preparativos da viagem e fornecerão apoio aos participantes que precisam de visto.

Se algum participante desejar prolongar a sua estadia após 13de setembro de 2023, todos os custos relacionados serão cobertos pelo participante. Nesse caso, o país de acolhimento deve ser previamente informado, a fim de tomar todas as disposições necessárias.

Prazo

O prazo para a apresentação das candidaturas termina a 4 de junho de 2023, às 23:59 CET. Os candidatos selecionados serão informados por e-mail.

INSCREVA-SE AQUI

Categorias

Tags:

pt_PTPortuguese