INTRODUÇÃO

As alterações climáticas representam uma das maiores ameaças ao desenvolvimento sustentável a nível mundial. Os seus impactos generalizados e sem precedentes pesam desproporcionalmente sobre os mais pobres e a maioria mais vulnerável – um número significativo dos quais vive em África.

A resposta política global mais proeminente às alterações climáticas é actualmente abrangida pela Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Alterações Climáticas (CQNUAC). Há uma evidência clara de que África está limitada pela sua capacidade limitada de participar efectivamente no discurso político internacional sobre alterações climáticas para promover acções climáticas a nível regional e nacional. A diplomacia e as negociações sobre as alterações climáticas são frequentemente técnicas e complexas. É difícil para os novos negociadores compreender plenamente as nuances do processo, mesmo durante um período de muitos anos.

O Grupo Africano de Apoio Especializado aos Negociadores (AGNES) concebeu este programa de formação sobre governação climática, diplomacia e liderança em negociações com vista a enfrentar este importante desafio continental. Esta é uma chamada para inscrições para candidatos elegíveis.

RESULTADOS DE APRENDIZAGEM OBJETIVOS E ESPERADOS

O objectivo geral do Programa é construir e fortalecer líderes climáticos africanos e melhorar os seus conhecimentos e capacidades de negociação para lhes permitir envolver-se eficazmente no discurso político internacional sobre alterações climáticas, bem como contribuir para a implementação bem sucedida de acções climáticas a nível regional e nacional. .

GRUPO ALVO

  1. Decisores políticos e que utilizam a ciência climática e são responsáveis ​​pelo desenvolvimento e implementação de políticas, programas e projetos climáticos nacionais e subnacionais;
  2. Cientistas e profissionais do clima que trabalham em grupos de reflexão e no meio académico;
  3. Negociadores sobre alterações climáticas e diplomatas internacionais; representantes de intervenientes não estatais, tais como organizações internacionais e intergovernamentais, organizações não governamentais (ONG) e o setor privado que trabalham no domínio das alterações climáticas e do ambiente;
  4. Juristas envolvidos em mudanças climáticas e governança ambiental.

CONTEÚDO DO PROGRAMA

O treinamento está organizado em dez módulos, incluindo:

  1. Módulo 1 – Ciências Físicas Climáticas
  2. Módulo 2 – Liderança Climática, Comunicação, Diplomacia e Negociações
  3. Módulo 3 – Governança das Mudanças Climáticas
  4. Módulo 4 – Artigo 6º do Acordo de Paris
  5. Módulo 5 – Justiça Climática e Litígio
  6. Módulo 6 – Desenvolvimento resiliente ao clima com baixas emissões e a longo prazo; Ferramentas de apoio à decisão
  7. Módulo 7 – Financiamento Climático
  8. Módulo 8 – Desenvolvimento e Transferência de Tecnologia; Género e Alterações Climáticas
  9. Módulo 9 – Segurança Climática
  10. Módulo 10 – Monitoramento, Avaliação e Aprendizagem (MEL) e Relatório e Verificação de Medição (MRV)

Prazo de inscrição: 30 de abril de 2024

APLIQUE AGORA 

Categorias

Tags:

pt_PTPortuguese