O 14C é um convite à apresentação de propostas para consórcios liderados por empresas com o objectivo de tornar inteligentes as cadeias de abastecimento globais desde a prateleira até ao clima de campo.

Convidam empresas e organizações ao longo das cadeias de abastecimento agrícola a candidatarem-se com os seus conceitos de projectos conjuntos que satisfaçam os critérios definidos no convite à apresentação de propostas.

Em nome do Ministério Federal de Cooperação Económica e Desenvolvimento (BMZ), o Programa Global GIZ “Sustentabilidade e Valor Acrescentado nas Cadeias de Abastecimento Agrícola” está a lançar a Iniciativa para as Cadeias de Abastecimento Inteligentes Climáticas (I4C) para envolver os actores ao longo da cadeia de abastecimento agrícola na implementação conjunta de projectos de combate às alterações climáticas e de promoção de uma transição justa.

Objetivos

O objectivo desta iniciativa é tornar as cadeias de abastecimento agrícola inteligentes do ponto de vista climático. I4C considera três aspectos das cadeias de abastecimento agrícola inteligentes do ponto de vista climático:

  • Aumentar a produtividade agrícola e os rendimentos de forma sustentável
  • Adaptar os sistemas agrícolas e os meios de subsistência dos pequenos agricultores às alterações climáticas
  • Redução e/ou remoção de emissões de gases com efeito de estufa (GEE).

Áreas de Acção

Todos os projectos devem contribuir para pelo menos duas das seguintes áreas de acção:

  • Aumentar a produtividade agrícola e os rendimentos de forma sustentável
  • Adaptar os sistemas agrícolas e os meios de subsistência dos pequenos agricultores às alterações climáticas
  • Redução e/ou remoção das emissões de gases com efeito de estufa

Porquê candidatar-se?

O volume total do projecto situa-se entre dois e três milhões de euros
Obtenha apoio para a acção climática! Em nome do Ministério Federal Alemão para a Cooperação Económica e Desenvolvimento (BMZ) GIZ está a conceder até 50% do financiamento total aos projectos melhor colocados e apoia-os na sua realização.

Assuma a responsabilidade! Enquanto é oferecido um co-financiamento de tracção e assistência a projectos para o bem, os projectos serão desenvolvidos e implementados pelos consórcios vencedores.

Duração:

O projecto tem uma duração de 18 meses a três anos.

Foco Geográfico:

Os conceitos do projecto devem indicar em que país ou países parceiros as actividades devem ser implementadas. O(s) país(es) visado(s) deve(m) figurar(m) entre os países parceiros da BMZ. Se forem abordados vários Países Parceiros ou se for proposta uma abordagem regional que abranja vários Países Parceiros, o tempo e os recursos financeiros devem ser planeados de forma adequada. Após a selecção final dos projectos vencedores, é efectuada uma estreita coordenação com as unidades regionais relevantes e a estrutura externa da GIZ.

Empresas-Alvo:

O seu alvo são particularmente as empresas do sector dos bens de consumo de grande consumo (FMCG), o que inclui os sectores:

  • Alimentação e nutrição
  • Vestuário e têxteis (produtos de algodão) e calçado
  • Cosméticos e cuidados pessoais
  • Detergentes e produtos de limpeza

Critérios de Eligibilidade

I4C é um convite à apresentação de propostas para consórcios de diferentes parceiros de consórcio para implementar o projecto proposto. Os consórcios que satisfaçam os seguintes critérios são elegíveis para participar no convite à apresentação de propostas:

  • Qualquer Consórcio candidato deve ser constituído por pelo menos dois parceiros de Consórcio, incluindo
  • Pelo menos um dos parceiros do Consórcio é uma Empresa Internacional,
  • Pelo menos um dos parceiros do Consórcio é uma Entidade Local em cada País Parceiro e
  • opcionalmente, uma ou mais Associações Internacionais podem participar como outros parceiros do Consórcio.
  • O Consórcio não precisa de ser formalizado por um acordo (por exemplo, acordo de joint venture ou acordo de consórcio). Se o Consórcio for seleccionado definitivamente, todos os membros do Consórcio celebrarão um acordo com a GIZ

Critérios para se qualificar como “Empresa Internacional”:

  • Qualquer empresa comercial, parceria ou outra entidade estabelecida na UE, ou qualquer outro país não listado na Lista de Beneficiários da APD do CAD da OCDE,
  • Activo no comércio, processamento e/ou aquisição das cadeias de abastecimento agrícola especificadas,
  • Pelo menos 1.000.000 de euros de volume de negócios anual,
  • Pelo menos oito empregados,
  • Estabilidade financeira e liquidez suficientes para fornecer a contribuição própria necessária.

Critérios para qualificar como “Entidade Local”:

  • Qualquer empresa, parceria, associação, cooperativa, fundação, organização, instituição de investigação ou ONG com.
  • Sede ou grande parte das actividades em um ou mais Países Parceiros

Critérios para se qualificar como “Associação Internacional“:

  • Qualquer associação, organização, parceria, cooperativa, fundação, instituição de investigação ONG ou empresas não abrangidas por “Empresa Internacional”, activas no domínio da cooperação internacional para o desenvolvimento ou que tenham um foco internacional com
  • Sede na UE ou em qualquer outro país não incluído na Lista de Beneficiários da APD do CAD da OCDE

Para mais informações, visite este site.

Categorias

Tags: